Escola das Artes vence prémio de MELHOR ESCOLA DE CINEMA PORTUGUESA

A Escola das Artes foi considerada a MELHOR ESCOLA DE CINEMA PORTUGUESA (Best Film School Award) pelo júri da 38ª edição do Fantasporto - Festival Internacional de Cinema do Porto, com as curtas metragens "O Manto", "Casas Caiadas" e "Uma Formiga", realizadas no âmbito da licenciatura em Som e Imagem.

"O Manto", realizado por Duarte Castelo Branco, é um documentário sobre os Cuidados Paliativos nos hospitais portugueses. A curta-metragem procura refletir sobre a morte, o fim da vida, o ato de paliar e a eutanasia.

"Casas Caiadas", curta-metragem de ficção realizada por Kyle Sousa, visa criar um olhar sistémico sobre o conceito de família e de comunidade e como ambos se interligam.

A curta-metragem de ficção “Uma Formiga”, realizada por João Veloso, retrata uma viagem marcada por reflexões sobre o Universo e a vida do dia-a-dia de uma família: José Bessa, um artista que viu a sua vida direcionada para outro caminho aquando da morte da mulher e o nascimento do seu filho com atraso mental, conta-nos a sua história de vida e os seus ideais.
É uma história de amor e cumplicidade entre um pai e um filho.

 

Em 2014, a Escola das Artes já havia sido distinguida com este prémio do Fantasporto.

Informação disponível aqui