Pós-Graduação em Enfermagem do Trabalho

PrintPrint

4ª edição

 

A Enfermagem do Trabalho pode ser definida como uma área de Enfermagem que providencia e presta serviços de saúde a trabalhadores e populações ativas. A prática incide na promoção, na proteção e no restabelecimento da saúde do trabalhador, no contexto de um ambiente de trabalho saudável e seguro.

No decurso das suas funções, o Enfermeiro do Trabalho vê-se confrontado com inúmeros fenómenos sensíveis aos seus cuidados que requerem uma prática de Enfermagem Autónoma, tendo por base a investigação epidemiológica, o planeamento em saúde e a tomada de decisão independente com vista à otimização da saúde, na prevenção da doença/do acidente e na redução dos riscos laborais.

A Pós-Graduação (PG) em Enfermagem do Trabalho visa dotar os enfermeiros de competências próprias que lhes permitam agir no ambiente específico das organizações de trabalho. Esta quarta edição mantém as linhas orientadoras quer da “Federation of Ocupational Health Nurses Whitin the European Union” (FOHNEU), quer da Direção-Geral da Saúde, de forma a dar resposta ao quadro normativo atual da Enfermagem do Trabalho, nomeadamente com a saída da Orientação nº 9/2014 da Direção-Geral da Saúde de 3.06.2014, que prevê a necessidade de reconhecimento de competências específicas nesta área. Simultaneamente, subscreve as diretivas da FOHNEU, corroboradas pela Ordem dos Enfermeiros e pela “Associação Nacional de Enfermeiros do Trabalho” (ANET), que consideram que “o ensino da enfermagem no trabalho é uma atividade de pós-graduação que se baseia no princípio da aprendizagem contínua ao longo da vida” (FOHNEU, 1995; OE, ANET,2014).

Contudo, aproveitando a experiência das edições anteriores e indo de encontro às sugestões recolhidas, apresentamos um plano de estudos renovado, de forma a ir de encontro às necessidades dos enfermeiros quer eles prestem serviços internos de Enfermagem do Trabalho em empresas e/ou hospitais, trabalhem em empresas de prestação de serviços externos ou exerçam em Unidades de Saúde Pública.

 

Objetivos

O curso pretende formar Enfermeiros do Trabalho para:

  • gerir e colaborar na gestão da saúde do trabalhador ou de grupos de trabalhadores através da promoção de ambientes de trabalho saudáveis e seguros;
  • trabalhar inseridos numa equipa de saúde ocupacional, contribuindo com a sua visão disciplinar para a integração dos diferentes níveis de prevenção, de acordo com as caraterísticas do local de trabalho;
  • investigar os contextos laborais promovendo a otimização da saúde, a prevenção da doença/do acidente e a redução dos riscos para a saúde.

 

Resultados de Aprendizagem

  • Demonstrar conhecimentos aprofundados e uma perspetiva mais alargada sobre a história e os modelos teóricos de Enfermagem do Trabalho, bem como o seu contributo para a promoção da saúde em contexto laboral;
  • Ser capaz de integrar contributos da gestão, ética e direito laboral como fundamentos essenciais à tomada de decisão clínica;
  • Ser capaz de integrar contributos da epidemiologia, do planeamento em saúde e da bioestatística, para investigar necessidades em saúde, nos contextos de trabalho;
  • Demonstrar conhecimentos sobre os diferentes agentes físicos, químicos, biológicos e psicossociais associados a riscos nos locais de trabalho;
  • Ser capaz de gerir e interpretar de forma sistemática a informação proveniente de diferentes fontes, para análise das situações complexas relativas à saúde das pessoas e aos cuidados de enfermagem em contexto laboral;
  • Ser capaz de estruturar um protocolo de investigação/ projeto de intervenção tendo em conta as necessidades em saúde sensíveis aos cuidados da Enfermagem do Trabalho;
  • Ser capaz de comunicar os seus diagnósticos/projetos/resultados perante audiências especializadas, utilizando diferentes formas de divulgação científica.

 

Metodologia

Nas aulas práticas e teórico-práticas serão privilegiados os métodos ativos, interativos e colaborativos. Na componente de estágio o enfoque irá recair sobre a reflexão acerca das competências desenvolvidas.

 

Avaliação

As diversas unidades curriculares do curso terão uma avaliação individualizada.

A avaliação é diversificada (exame, trabalho, projeto, seminário, portefólio) mas centrada no desenvolvimento de competências dos estudantes.

O curso contará ainda com uma avaliação integral, onde os estudantes poderão expressar os conhecimentos adquiridos e/ou as competências desenvolvidas, através da realização de um artigo científico e uma comunicação ou poster para serem apresentados no seminário final do Curso

Esta Pós-Graduação tem o Patrocínio Institucional da Direção Geral da Saúde.

Área de Estudos: 
Ciências da Saúde
Grau de Ensino: 
Pós Graduação
Regime: 
Pós-Laboral
ECTS: 
30
Campus: 
Campus Foz
Destinatários: 

Enfermeiros que exerçam, ou pretendam exercer enfermagem, em serviços de saúde ocupacional em empresas ou hospitais;

Enfermeiros que exerçam, ou pretendam exercer enfermagem, em empresas prestadoras de serviços de saúde ocupacional;

Enfermeiros que exerçam, ou pretendam exercer enfermagem, em Unidades de Saúde Pública;

Enfermeiros que pretendam desenvolver competências em Enfermagem do Trabalho.

Horários: 

Terças das 17h00 às 21h00

Quintas das 17h00 às 21h00

Sábados das 9h00 às 13h00

171 horas presenciais

Coordenação: 

Coordenador pedagógico no Porto: Doutor Armando Almeida

Comissão científica

  • Amélia Simões Figueiredo, Professora Adjunta do ICS da UCP (Lisboa), Doutora em Educação – Formação de Adultos; Enfermeira Especialista em Saúde Pública; Coordenadora da Área Cientifica de Enfermagem Comunitária (Lisboa). Título de especialista DL 206/09.
     
  • Armando Almeida. Professor Auxiliar do ICS da UCP (Porto). Doutor e Mestre em Enfermagem. Especialista em Enfermagem Comunitária. Pós-graduado em Sistemas de Informação em Enfermagem e em Supervisão Clínica em Enfermagem. Título de especialista DL 206/09.
     
  • Luis Sá, Professor Auxiliar do ICS da UCP (Porto). Doutor e Mestre em Saúde Mental; Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiátrica; Pós-graduado em Sistemas de Informação em Enfermagem. 
     
  • Teresa Rasquilho Vidal, Professora Adjunta do ICS da UCP, Mestre em Comunicação em Saúde; Enfermeira Especialista em Saúde Pública (Lisboa).
Contactos: 

Dra. Priscilla Shotton
Tel: 22 619 6202

Local de Funcionamento

Universidade Católica Portuguesa
Campus Foz
Rua Diogo Botelho, 1327 | 4169-005
Porto