Católica integra ações de Responsabilidade Social em tempos de Covid-19 em relatório do ORSIES

Foi apresentado a 22 de junho  o relatório "Ensino Superior e Responsabilidade Social em Tempos de Covid-19" promovido e compilado pelo Observatório de Responsabilidade Social e Instituições de Ensino Superior (ORSIES), depois de um levantamento das ações de responsabilidade social realizadas, entre março e maio 2020, pelas Instituições de Ensino Superior (IES) que fazem parte deste Observatório e outras convidadas à participação, num total de 47 instituições.

Foram apresentadas mais de 700 ações dirigidas quer para a comunidade interna (sobretudo estudantes) quer para a comunidade externa, sendo que 35% das ações foram de ajuda ao combate à COVID-19 e 27% organizadas para o apoio social. No final da apresentação houve comentários de Pedro Dominguinhos, presidente do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP), António Fontainhas Fernandes, presidente do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP) e João Sobrinho Teixeira, secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. Os três felicitaram o contributo das IES destacando o trabalho notável ao serviço da comunidade em tempos de pandemia. Orgulho, responsabilidade solidária eficaz, capacidade de mobilização, transferência e mobilização do conhecimento, resposta extraordinária para o ensino à distância, cuidado com os estudantes fragilizados, acolhimento cuidado, foram palavras transversais nos três comentários. No final, o Secretário de Estado manifestou que deseja continuar a contar com as IES pois a ciência e inovação produzidas nas IES são uma riqueza e ativos essenciais para responder aos desafios presentes e futuros. As IES devem, assim, continuar na vanguarda da resolução dos problemas do futuro.

Relativamente às iniciativas da Universidade Católica Portuguesa foram apresentadas ações dos 4 campi, que se traduz em 42 citações da Universidade Católica Portuguesa no relatório final que poderá ser consultado aqui. Da Universidade Católica Portuguesa estiveram presentes Rita Paiva e Pona, do Gabinete de Responsabilidade Social, Carmo Themudo, da Unidade para o Desenvolvimento Integral da Pessoa (Porto), Cristina Chaves, do Serviços de Relações Públicas, Comunicação e Marketing (Viseu), Ana Margarida Abrantes, da Faculdade de Ciências Humanas(FCH), e Helena Gonçalves, da Católica Porto Business School (CPBS).

No caso da Católica, no Porto, foram integradas as ações:

  • SciPT Task Force against COVID-19
    Vários investigadores integraram o projeto para disponibilizar materiais e equipamentos de produção de meios de transporte para as zaragatoas de diagnóstico da Covid-19 (Produziram-se mais de 50.000 tubos com meio de transporte para zaragatoa)
  • Produção de viseiras para profissionais de saúde
    Produziram-se mais de 200 viseiras, por impressão 3D, distribuídas pelos hospitais Pedro Hispano (Matosinhos), Magalhães Lemos (Porto), Unidade de Neonatologia do Hospital de Braga, mas também para o Hospital da Forças Armadas, Polo do Porto e ainda o Centro Social Paroquial Nossa Senhora da Vitória.
  • Realização de análises microbiológicas e químicas para controlo dos produtos alimentares e ensaios de migração às embalagens
    No sentido de contribuir para a manutenção da qualidade e segurança de alimentos, os laboratórios do CINATE - Laboratório de análises e ensaios a alimentos e embalagens, continuam a realizar análises microbiológicas e químicas para controlo dos produtos alimentares e ensaios de migração às embalagens para que as empresas consigam manter os seus padrões de qualidade e segurança.; Realizaram-se igualmente ensaios de compatibilidade com a pele em máscaras, a pedido de unidades hospitalares através do Laboratório Nacional de Referência em Materiais e Embalagens Alimentares.
  • Maisetanol
    Apoio no desenvolvimento de desinfetante de mãos. O projeto propõe-se alargar a rede de colaborações solidárias e relações comerciais para conseguirem desinfetante 25000 pontas de 1000, 1680 Pipetas de Pasteur descartáveis e mediámos contactos de fornecedores para comprarem quantidades adicionais e mais materiais; Apoiamos o recrutamento de profissionais para apoiar laboratórios de diagnóstico no DUBAI através da UNILAB mediação de compra de etanol 98% e com contactos de fornecedores para outros materiais.
  • Disponibilização de material
    Apoiaram no inicio da pandemia várias instituições de saúde da cidade do Porto com material que tinham em stock: luvas de nitrilo e latex, litros de álcool, litros de lixívia, máscaras cirúrgicas, máscaras viseiras, toucas, óculos e outros materiais de proteção
  • Suportes para Viseiras
    Fazer suportes para as viseiras através de impressora 3D
  • Capacitação de pessoas
    Capacitação de colaboradores que fazem serviço de apoio domiciliário a pessoas idosas, para o uso adequado dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e prevenção de contágio. 
  • Capacitação de cuidadores de pessoas idosas
    Capacitação dos cuidadores nas Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas (ERPI) do grande Porto
  • Capacitação de 25 cuidadores e técnicos 
    Docentes de Enfermagem de Saúde Comunitária e de Saúde Pública deram formação a 25 cuidadores e técnicos para a gestão da pandemia na respetiva instituição
  • Apoio à linha SNS24
    Os professores especialistas em Enfermagem de Saúde Comunitária disponibilizaram-se a colaborar com a linha SNS24 
  • Health Calls Back projeto de acompanhamento à distância de pessoas vulneráveis
    Projeto que visa apoiar de forma integrada e colaborativa o trabalho das equipas de saúde, nomeadamente através da articulação com Unidade de Saúde Pública na identificação, na vigilância da situação de saúde, através de linhas telefónicas dedicadas para o efeito
  • Combate à violência familiar
    Através de uma docente, integra um grupo de trabalho de especialistas na área da violência familiar, composto por profissionais de saúde, academia, comunicação social, direito e serviço social. Este grupo pretende desenvolver uma resposta especificamente dirigida as situações de violência familiar, no contexto da quarentena
  • Voluntariado à distância
    Alunos da licenciatura em Psicologia da Católica no Porto  fazem Serviço Comunitário à distância, acompanhando os utentes das instituições onde se encontravam. E dão resposta também a novas necessidades que emergiram no contexto da situação atual relacionada com o COVID-19 (e.g., acompanhamento escolar a crianças vulneráveis e redução da solidão em idosos).
  • COVID19 – Ajude-nos a ajudar
    Criação de um espaço no site para divulgação à comunidade académica de pedidos de apoio vindo de instituições parceiras ou que chegaram via colaboradores.
  • 25 voluntários a fazer voluntariado à distância
    12 voluntários no apoio a idosos em situação de isolamento, através da Unidade de Cuidados na Comunidade Cuidar (UCC Cuidar); 10 voluntários no apoio ao estudo a crianças do 1º ao 3º ciclo, através da União de Freguesias de Aldoar, Foz e Nevogilde e do Projeto Porto Futuro; 3 voluntárias a produzir conteúdos de atividades lúdicos para as crianças, através da FAP no Bairro.

Junho 2020