Docentes da Católica Porto Business School ganham Prémio Emerald para melhor paper

Arménio Rego, Camilo Valverde e Rui Lourenço-Gil ganharam o Prémio Emerald para o melhor paper na Conferência ISSWOV (International Society for the Study of Work & Organizational Values), que decorreu entre 1 e 4 de julho, em Itália. O estudo contou ainda com a colaboração de: Andreia Vitória e Ana Ventura, da Universidade de Aveiro; Susana Leal, da Escola Superior de Gestão e Tecnologia, Instituto Politécnico de Santarém; e Miguel Pina e Cunha, da Nova School of Business and Economics.

“Do gritty leaders foster employee psychological capital? - It depends on how humble they are” foi o paper premiado. A investigação envolveu três estudos (dois em Portugal e um nos EUA) e sugere que a “fibra” (grit) dos líderes exerce efeitos positivos sobre o capital psicológico dos liderados apenas se os líderes forem também humildes. Quando os líderes são dotados de “fibra” ou “garra” mas não são humildes, o efeito sobre o capital psicológico dos liderados pode ser negativo. Em conclusão, os líderes devem ter “fibra” e ser humildes.