OCDE - Quality Teaching // Learning Working Networking

Projecto Quality Teaching - Iniciativas de Inovação Pedagógica

Sobre o projecto...

A avaliação das iniciativas pedagógicas inovadoras da Católica Porto pelo Programa Supporting Quality Teaching in Higher Education da OCDE surgiu como uma oportunidade de dar continuidade e reconhecimento ao investimento feito na qualidade do ensino da Universidade.

Este programa pertence ao IMHE (Institute for Management of Higher Education da OCDE e pode ser visitado no seguinte link.

Sobre o Relatório...

A apresentação do Programa Supporting Quality Teaching in Higher Education do IMHE (Institute for Management of Higher Education da OCDE) surgiu como uma oportunidade de dar continuidade e reconhecimento ao esforço feito na qualidade do ensino da Universidade.

Esta iniciativa coloca o foco da qualidade onde ele tem de estar: nos docentes e nos estudantes, na experimentação pedagógica e curricular, na aproximação aos contextos de trabalho e da vida em sociedade, na construção de um conceito de educação activo na própria construção do mundo em que se insere.

O Projecto da OCDE solicitava que fossem apresentadas para avaliação, iniciativas pedagógicas de carácter inovador e já com resultados consolidados.

Foram seleccionadas três iniciativas com estas características:

Estas três iniciativas nas licenciaturas da Católica Porto são inovadoras tanto ao nível curricular como pedagógico, integrando no modelo de ensino parceiros externos relevantes no contexto profissional.

Os avaliadores da OCDE, Fabrice Hénard e Gabor Halasz, procuraram os padrões relevantes e:

São iniciativas que merecem ser conhecidas e reconhecidas. Ao longo dos anos, nos três casos estudados, as equipas docentes que as conduzem desenvolveram formas de auto-avaliação próprias, instrumentos pedagógicos complexos mas funcionais para os estudantes, mecanismos de coordenação com os parceiros e os estudantes que permitem autonomia, iniciativa e aprendizagem – todos o manifestaram nas reuniões de avaliação.

O trabalho destes docentes altera-se profundamente e a sua carga de esforço para o mesmo número de disciplinas ou de estudantes aumentou significativamente. As exigências de espaço, de recursos e de apoio organizativo precisam de acompanhar esta mudança.

As novas formas de organização do ensino colocam desafios à gestão da Universidade que tem de estimular e acompanhar uma diversidade crescente na sua estrutura interna.

Hénard e Halasz deixam ainda uma forte recomendação no sentido de a Universidade disseminar de forma intensa estas e outras iniciativas assim como os modos peculiares de ser uma universidade de valores que surgem da sua matriz cristã e humanista e se observam nas práticas quotidianas."

Agência de Comunicação: Bydas, Agência de Comunicação Digital // Design Porto