CANDIDATA-TE
PORQUÊ ENSINO DE MÚSICA CONNOSCO
APOIOS E BOLSAS
PLANO DE ESTUDOS
QUESTÕES E DÚVIDAS


Candidaturas 2021/22 abertas:

1ª Fase 2ª Fase 3ª Fase*
até 14 Abril até 30 Junho até 22 Setembro
*Condicionada ao número de vagas disponíveis.


A Universidade Católica, através da sua Escola das Artes, elegeu como um dos eixos estratégicos de intervenção académica, científica e cultural, a formação de professores do ensino especializado de música, área que foi reforçada com a Reforma de Bolonha e a legislação referente à formação de professores neste domínio.

Por sua vez, um grupo Escolas Profissionais e Academias de Música conscientes da imperatividade da formação e da profissionalização do seu corpo docente, desafiou a Católica Porto a construir respostas de sustentação dos seus projetos educativos e de inserção territorial. Deste desafio e de uma estreita colaboração, nasceram já nove edições de um Mestrado em Ensino de Música, que abre agora as candidaturas à 10ª Edição.
Coordenação: Prof. Doutora Sofia Serra

CANDIDATA-TE



COMO ACEDER? 

  • Titularidade de uma licenciatura em Música ou equivalente legal, incluindo um grau académico superior estrangeiro, conferido na sequência de um 1ºciclo de estudos em música, organizado de acordo com a reforma de Bolonha.
  • Existência nos estudos anteriores de um número mínimo de 120 créditos de formação, definido pela portaria nº1189/2010, como pré-requisito de ingresso.
  • Aprovação na prova escrita de Língua Portuguesa
  • CANDIDATA-TE + info Whatsapp Chat

Porquê Ensino de Musica?



    Instalações e equipamentos de referência

  • Metodologias diversificadas e inovadoras;
  • Promoção da criatividade musical e individualidade dos estudantes garantidas através da fundamentação científica;
  • Caráter personalizado de acompanhamento à integração do docente, no contexto de ensino artístico da música que é feita pessoalmente por orientadores em todo o território português, incluindo ilhas; 
  • Forte ligação à comunidade pela disseminação de conhecimento científico, cultura musical e de formação contínua;
  • O Mestrado interage em contexto artístico pela articulação com os outros cursos de caracter mais tecnológico através de projetos de apresentação pública e seminários transversais;
  • Aplicação e incentivo à utilização das tecnologias da informação e comunicação em contexto de sala de aula;
  • Processo de ensino e aprendizagem centrado no mestrando, permitindo ajustar cada tarefa proposta ao contexto profissional de cada aluno.

Apoios e Bolsas

  • Bolsas da Direção Geral do Ensino Superior
  • Apoio Social da Católica Porto
  • Bolsas de Mérito e Portfolio da Escola das Artes

+ Informação

Plano de estudo

Plano para o 1º Ano

1º Semestre 2º Semestre
Didática da Música I Didática da Música II
Área da Docência I Área da Docência II
Metodologias de Investigação em Educação Psicologia da Educação
Ensino, Aprendizagem e Avaliação Opcional I

Plano para o 2º Ano

1º Semestre 2º Semestre
Prática Profissional I Prática Profissional II
Seminário de Intervenção Pedagógica Projeto de Intervenção Pedagógica
Opcional II  

Opcionais

FEG FAD
Organização e Gestão Escolar O professor compositor: arranjos para o ensino de música (nível básico I)
Identidade das Escolas e Projeto Educativo Orquestração no ensino de música (nível II)
Gestão em Educação e Liderança Iconografia musical no âmbito da performance historicamente informada aplicada ao ensino de música
As TIC e a Educação Práticas da educação artística no ensino de música
Avaliação de Escola e projetos de melhoria Criatividade e emoção no Ensino de Música
Escola, Família e contextos comunitários de desenvolvimento As TIC no Ensino de Música
Relação Pedagógica, Motivação e Disciplina na sala de Aula À descoberta do património musical Português: Metodologias de investigação e Edição Musical

Práticas de Educação Artística no Ensino de Música

NOTA: Atendendo à situação de pandemia e à imprevisibilidade da sua evolução, os programas da Escola das Artes para o ano letivo 2020/21 sofrerão adaptações quanto à forma da sua frequência - à distância, presencial ou mista - cumprindo rigorosamente todas as orientações da DGS. No entanto, previlegiar-se-á claramente, sempre que possível, o regime presencial.

Prosseguir Estudos

    O Programa de Doutoramento em Ciência e Tecnologia das Artes tem como objetivo principal a criação de um percurso académico onde artistas, cientistas e criadores de diversas áreas podem desenvolver uma investigação multidisciplinar no universo da exploração artística. Neste contexto, o programa propõe um percurso focado tanto nas questões autorais e conceptuais artísticas, quanto no seu desenvolvimento tecnológico e na sua relação com outras ciências fundamentais e sociais.



Questões e dúvidas