Política de comunicação

Procedimento de Comunicação de Casos Positivos Confirmados para COVID-19 na Universidade Católica Portuguesa no Porto

Perante uma situação de caso positivo confirmado pela Autoridade de Saúde ou que nos seja notificado pela própria pessoa, a Universidade Católica Portuguesa no Porto:

  1. Elenca os contactos que possam ser considerados de risco para que, em colaboração com a Autoridade de Saúde, possam ser avaliados/ encaminhados;
  2. Informa formalmente o Diretor da Unidade Académica / Serviço;
  3. Informa as pessoas elencadas no ponto 1, sempre sem identificar dados pessoais do caso positivo. Esta é uma postura proactiva da Universidade de forma a minimizar o risco. Informamos, no entanto, que a vigilância ativa dos casos e dos seus contactos é da responsabilidade da Autoridade de Saúde.
    1. Caso exista a suspeita de uma pessoa ser um contacto de risco, a Universidade Católica Portuguesa no Porto, entrará em contacto com a mesma, através dos seguintes interlocutores:
      • Caso seja estudante, receberá o contacto da sua Faculdade através do Diretor de Unidade Académica (ou através de pessoa a quem delegue)
      • Caso seja docente, receberá o contacto através da Direção da sua Unidade Académica;
      • Caso seja colaborador, receberá o contacto através da sua Direção, em articulação com a Direção de Recursos Humanos.

Em qualquer situação, os elementos da Equipa Operativa (referenciada no Plano de Contingência) poderão efetuar diretamente os contactos, sempre que for considerado relevante, salvaguardando a pronta comunicação com a Direção da Unidade Académica / Serviço.

Caso uma pessoa seja identificada com potencial risco de contágio, será contactada através dos canais acima identificados.

A Universidade Católica Portuguesa está em estreita articulação com a Autoridade de Saúde, tomando todas as medidas necessárias à mitigação do risco de infeção por COVID-19. Gostaríamos, por isso, de passar uma mensagem de tranquilidade.

Relembramos que o comportamento de cada um é fundamental para que possamos continuar a estudar e trabalhar no Campus. Assim, reiteramos a importância de:

  1. Usar máscara dentro e fora dos edifícios;
  2. Manter o distanciamento físico;
  3. Higienizar as mãos com frequência;
  4. Monitorizar possíveis sintomas;
  5. Reduzir as deslocações dentro do campus ao mínimo indispensável;
  6. Reduzir ao máximo o tempo dos períodos de contacto (ex.: pausas alimentares) com ausência de máscara e/ou distanciamento físico;

 

Caso tenha algum sintoma de COVID-19, deverá seguir as seguintes instruções.

Se tiver alguma dúvida quanto ao facto de poder ser ou não um contacto de risco, por favor envie um email a expor a sua situação para covid19@porto.ucp.pt