Obras de Rui Chafes apresentadas na Universidade Católica Portuguesa no Porto

 
 
No contexto de uma parceria entre a Fundação de Serralves e a Federação Académica do Porto, a Universidade Católica Portuguesa é uma das instituições de ensino superior da Academia do Porto que vai expor algumas obras da coleção de Serralves. A inauguração desta exposição decorreu no dia 29 de outubro.
 
Studentato – termo italiano que alude à “vida de estudante” – é o nome da exposição que constitui a primeira iniciativa organizada no âmbito desta parceria que procura pensar nestes espaços de aprendizagem como importantes lugares de encontro.
 
Na Universidade Católica Portuguesa no Porto apresentam-se duas esculturas de Rui Chafes: Secreta Soberania (Até que chegue o nosso doce reencontro) e Secreta Soberania (Quando te vejo o mundo à nossa volta deixa, por momentos, de existir). As duas obras, uma interior e outra exterior, foram criadas para a exposição “A Experiência do Lugar” no âmbito do Porto Capital Europeia da Cultura 2001, quando foram apresentadas no Jardim Botânico. Pertencem à Coleção Peter Meeker (em depósito na Fundação de Serralves) de Pedro Álvares Ribeiro, membro do Conselho Superior da Universidade Católica Portuguesa.
 
Prémio Pessoa em 2015, Rui Chafes (Lisboa, 1966) é um nome consagrado no circuito nacional e internacional de Arte Contemporânea, expondo com regularidade desde os anos 80. A sua obra, de grande depuramento formal e fortemente auto-reflexiva sobre a arte e o objeto artístico, pauta-se  por frequentes referências às temáticas e à estética do romantismo alemão, interesse que tem explorado ainda através do exercício de tradução de Novalis, um dos seus autores favoritos, e que frequentemente interpela os seus trabalhos. Expôs individualmente em importantes instituições e eventos, como Museu de Serralves, Bienal de São Paulo, Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian, Museu Colecção Berardo, S.M.A.K, Folkwang Museum, Nikolaj Copenhagen Contemporary Art Center, Fondazione Volume!, Fundação Eva Klabin ou Hara Museum.
 
O programa Studentato apresenta ainda obras da autoria de Alfredo Queiroz Ribeiro, Mona Hatoum e Zulmiro de Carvalho e terá como pólos, além da Católica Porto, as Faculdades de Economia e de Farmácia da Universidade do Porto e o Instituto Superior de Engenharia do Politécnico do Porto.
 
As obras de Rui Chafes ficarão patentes até 25 de julho de 2021. Brevemente será anunciado um programa de atividades em torno da obra de Rui Chafes organizado pela Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa.