Licenciatura em Conservação e Restauro

PrintPrint

 

O que se espera de quem ingressa neste curso?

  • Interesse pelo património artístico e cultural antigo e contemporâneo.
  • Interesse por uma formação diversificada teórico-prática.
  • Espírito curioso e aberto à investigação e gosto pela resolução de problemas.  
  • Vontade de trabalhar em equipa com profissionais da mesma área e de outras áreas do conhecimento.
  • Gosto pelo trabalho em diferentes contextos: oficinas, trabalho in situ, laboratórios.
  • Destreza manual, acuidade visual e coordenação motora.

 

O que oferece o curso de conservação e restauro?

  • Conhecimentos teórico-práticos, vocacionados para a preservação da arte e do património, enquadrados por uma visão multidisciplinar que cruza saberes das artes e das ciências exatas.
  • Formação de caráter generalista que permite compreender as técnicas artísticas, a composição e o comportamento de materiais, conhecer a sua degradação e executar os tratamentos mais adequados à sua conservação.
  • Intervenção em obras reais, em oficina e supervisionadas pelos professores, aprendizagem complementada com aulas de exame e diagnóstico em laboratório e aulas teóricas de contextualização e enquadramento histórico e teórico.

Oportunidades:

  • Participação em campanhas de Verão
  • Estadias Erasmus em escolas e universidades europeias
  • Participação em workshops, master classes e outras acções de formação avançada promovidas pela Escola, em condições vantajosas
  • Os estudantes da Escola das Artes beneficiam da existência, na Escola das Artes, do Centro de Conservação e Restauro que realiza projetos de referência, e do acesso a toda a informação divulgada a seu propósito. Aí podem estagiar alunos e muitos ex-alunos colaboram regularmente nas suas atividades.

 

Que saídas profissionais?

  • Integra equipas em instituições culturais públicas ou privadas, como museus, galerias, arquivos, bibliotecas, fundações, monumentos, etc., que disponham de oficinas, laboratórios de conservação e restauro ou que desenvolvam programas de conservação preventiva.
  • Integra equipas de empresas privadas de conservação e restauro.
  • Participa em equipas multidisciplinares na reabilitação do património edificado e integrado e nas intervenções de preservação da arte e do património antigo e contemporâneo.

Como e porquê prosseguir estudos?

  • A Licenciatura garante o desenvolvimento das competências necessárias para ingresso no mercado de trabalho, permitindo trabalhar sob a supervisão de um conservador-restaurador que tenha grau académico igual ou superior a mestrado
  • Para aceder a oportunidades mais avançadas, aconselhamos o complemento e aprofudamento da formação, através do Mestrado em Conservação e Restauro de Bens Culturais que confere uma especialização que permite o ingresso na vida profissional, de forma autónoma e individual.

 

NOTA: Atendendo à situação de pandemia e à imprevisibilidade da sua evolução, os programas da Escola das Artes para o ano letivo 2020/21 sofrerão adaptações quanto à forma da sua frequência - à distância, presencial ou mista - cumprindo rigorosamente todas as orientações da DGS. No entanto, previlegiar-se-á claramente, sempre que possível, o regime presencial.

 

 

Download brochura formato mobileDownload brochura formato A5

 

Visita Virtual

 

Programas ERASMUS

Universidad Complutense de MadridEspanha
Universidad Politécnica de ValenciaEspanha
Escuela de Arte y Superior de Conservación y Restauración de Bienes Culturales de ValladolidEspanha
Escuela de Arte y Superior de Conservácion y Restauración de Bienes Culturales LeónEspanha
Escuela Superior de Arte del Principado de Asturias (ESAPA)Espanha
Escuela Superior de Conservación e Restauración de Bens Culturais de GaliciaEspanha
Escuela Superior de Conservación e Restauración de Bens Culturais de MadridEspanha
Universitat de BarcelonaEspanha
Universidad de BurgosEspanha
École Nationale des Arts Superieus la CambreBélgica
Ecole Supérieure des Arts Saint-Luc LiègeBélgica
Nicolaus Copernicus UniversityPolónia
Helsinki Metropolia of Applied SciencesFinlândia
Universidade Católica de BrasíliaBrasil
Pontifícia Universidade Católica de S. PauloBrasil
Pontifícia Universidade Católica do Rio de JaneiroBrasil

 

Condições de acesso

  • Ser titular de um curso do ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente
  • Provas de ingresso (exames nacionais): Português ou História ou História e Cultura das Artes

Acreditação e reconhecimento

Afiliações

  • A Escola das Artes é membro pleno da rede europeia para a educação em conservação e restauro (ENCoRE) e segue as diretrizes da confederação europeia das associações de conservadores restauradores (E.C.C.O.), sendo reconhecida a nível europeu.
  • A Escola das Artes é afiliada da ELIA -  European League of Institutes of the Arts.
Bolsas
 
Adequadas à situação de cada candidato que pode solicitar o estudo do seu caso e avaliar as possibilidades de apoio de que dispõe.
 
 
 
 
Como é estudar na Escola das Artes?
 
 
Quer conhecer a Escola?
Margarida Dinis
Tel: 22 619 62 75 
 

 

 

Acreditação A3E: 
Sim
Área de Estudos: 
Artes
Grau de Ensino: 
1º Ciclo
Regime: 
Diurno
ECTS: 
180
Campus: 
Campus Foz
Bolsas e Prémios: 

Bolsas da Direção Geral do Ensino Superior »

Apoio Social da Católica Porto »

Bolsas de Mérito »

 

Adequadas à situação de cada candidato que pode solicitar o estudo do seu caso e avaliar as possibilidades de apoio de que dispõe.

Consulte ESTUDANTES E EMPREGABILIDADE

   t | + 351 22 619 62 26
@ee.bolsas@porto.ucp.pt

Coordenação: 

Coordenação Científica:
Prof. Doutor Gonçalo Vasconcelos e Sousa
gvsousa@porto.ucp.pt

Coordenação Executiva:
Dra. Carla Felizardo
cfelizardo@porto.ucp.pt

Contactos: 

Serviços Académicos

Cristina Souto / Rita Soares
t | 226 196 200 Ext.308 / t | 226 196200 Ext. 314

Equipa de apoio às candidaturas:
t | 800 105 632/3
@ | candidaturas@porto.ucp.pt