"A Rússia deu o passo da agressão"

Direito
"A Rússia deu o passo da agressão"
Segunda-feira, 21 de Fevereiro de 2022 in CNN Portugal Online

Azeredo Lopes, docente da Escola do Porto da Faculdade de Direito.
Vladimir Putin anunciou que, depois de para tal solicitado pelo Parlamento russo (a Duma), ia reconhecer no imediato a independência das duas “repúblicas” secessionistas no leste da Ucrânia. Nada disto foi senão encenado, mas isso que interessa? Pelo caminho, Putin insultou o povo e Estado ucranianos, dizendo na sua intervenção que a Ucrânia não tinha as competências e os atributos necessários para ser um Estado. Isto é, traduzindo: não sabia como ser independente, e tudo o que era devia-o à Rússia. Depois, ainda dirigiu uma ameaça muito pouco velada contra a Ucrânia, de quem falou como se fosse propriedade sua ou, vá lá, da “sua” Federação Russa.
Este reconhecimento não pareceria à primeira vista ser muito relevante. Realmente, as duas entidades “independentistas” são desde o início uma construção russa, e só subsistiram desde há anos por apoio, direção e controlo firmes de Putin.

Veja o artigo completo aqui.
pt