Conversa online: Laudato si' "Economia Popular Solidária"

24.02.2021 12:00

Ao clicar aqui, o conteúdo irá ser traduzido pelo Microsoft Translator.
By clicking here, the content will be translated by Microsoft Translator.

24.02.2021 12:00 Conversa online: Laudato si' "Economia Popular Solidária" Link: https:///pt/central-eventos/conversa-online-laudato-si-economia-popular-solidaria

Como Chegar / How to Arrive
Universidade Católica Portuguesa - Porto

No dia 24 de fevereiro, entre as 12:00 e as 13:00, irá decorrer mais uma iniciativa do Ano Laudato si’ na Universidade Católica Portuguesa, dedicada ao tema “Economia Popular Solidária”.

Esta sessão, em parceria com a Cáritas Portuguesa traz até nós a Cáritas Brasileira, e será conduzida pela Irmã Lourdes Dill que integra a coordenação da Rede de Economia Solidária da Cáritas Brasileira. Na Rede Cáritas, a Economia Popular Solidária (EPS) é uma importante articulação que integra campo, floresta e cidade na construção de alternativas que gerem processos coletivos e de autogestão, visando a inclusão social e produtiva de pessoas e famílias vulneráveis afetadas pela pobreza e difícil acesso mercado de trabalho.

É uma estratégia de desenvolvimento territorial, sustentável e solidário fundamentada na organização coletiva de trabalhadores e trabalhadoras com interesse em melhorar a qualidade de vida por meio das relações de trabalho, através de associações, cooperativas, redes ou mesmo em grupos informais. É uma maneira de combater as desigualdades do atual sistema económico e de construção de outro modelo de desenvolvimento, pautado no envolvimento das pessoas em prol do Bem Viver. É também um veículo de construção de conhecimento sobre as realidades locais, direitos humanos, sociais e económicos além de ser instrumento de ampliação da consciência crítica e de fomento à participação cidadã.

Há mais de 35 anos a Cáritas Brasil fomenta e apoia diversas iniciativas de EPS em todo o território nacional. Aproximadamente, 600 agentes Cáritas de 176 entidades-membro acompanham empreendimentos formados por jovens, grupos de cultura, catadores/as, mulheres, população em situação de rua, populações rurais e urbanas, migrantes, comunidades em situação de risco e etc.

As inscrições são gratuitas e estão disponíveis aqui.

Iniciativas do Ano Laudato Si »»