Ciclo de Conferências Online debate “A União Europeia, os Estados Unidos e o Brasil em tempos de pandemia”

A Covid-19 é um teste para o qual ninguém se tinha preparado e que pode agudizar a crise das democracias liberais e dificultar a cooperação entre elas, mas pode ser, também, um estímulo para a construção de um mundo melhor. Calcula-se que mais de metade da população global se viu obrigada a confinar, o que causou a pior recessão desde os anos 30 e uma grave crise social.

Perante este panorama, e para analisar esta realidade ímpar, a Universidade Católica Portuguesa (UCP), no Porto, e a Escola do Porto da Faculdade de Direito vão organizar um ciclo de conferências online que procura compreender como a União Europeia, os Estados Unidos e o Brasil estão a responder à pandemia. A iniciativa analisa o alcance do impacto político e económico da pandemia e propõe-se debater um modelo de saída da crise capaz de dar resposta às consequências sociais por ela impostas, reforçando a cooperação internacional.

A primeira das três Conferências do ciclo decorre a 28 de maio, às 18h30, e tem como tema “A União Europeia face aos desafios da Covid-19”. Destaque-se que a conferência, que decorre online, tem como orador José Manuel Durão Barroso, diretor do Centro de Estudos Europeus da UCP e ex-presidente da Comissão Europeia, que entrará, em direto, de Londres, e conta com moderação de Manuel Fontaine, diretor da Escola do Porto da Faculdade de Direito da Universidade. A abertura do ciclo de conferências – iniciativa que possibilita que os participantes coloquem perguntas por chat, que serão feitas ao orador no final – será realizada por Isabel Braga da Cruz, presidente do Centro Regional do Porto da Universidade Católica Portuguesa.

 

A segunda conferência será a 23 de julho e irá abordar “O Brasil: da crise da pandemia”. A sessão será conduzida por Pedro Bohomoletz de Abreu Dallari – professor de Direito Internacional do Instituto de Relações Internacionais da Universidade de São Paulo, onde coordena o Centro Ibero-americano (CIBA) e a Cátedra José Bonifácio – e conta com moderação de Álvaro Vasconcelos, fundador do fórum DEMOS.

 

 

Que impacto terá a Covid-19 nas eleições norte-americanas?
Com as eleições presidenciais norte-americanas marcadas para 3 de novembro, o impacto da pandemia no mais importante momento político de um dos países mais influentes do mundo – os Estados Unidos da América – é o tema central da última conferência deste ciclo que se realiza a 17 de setembro. O momento conta com a intervenção de Miguel Monjardino, investigador do Instituto de Estudos Políticos da Universidade Católica e colonista do Expresso, e tem moderação do economista e gestor Francisco Jaime Quesado.

Maio 2020