Universidade Católica vence o Prémio João Almada 2017

 

 

BREVE NOTA HISTÓRICA SOBRE QUINTA DO PARAÍSO

 

Edifício da Católica no Porto recebe Prémio João Almada 2017

A Câmara do Porto aprovou em 25 de julho a atribuição ex-aequo do Prémio João de Almada 2017, na Categoria de Edifícios Não Residenciais, à Universidade Católica Portuguesa - Centro Regional do Porto, pelo projeto de expansão para atividade da Católica Porto Business School, e à Academia Contemporânea do Espetáculo / Teatro do Bolhão, pela reabilitação do edifício Palácio do Bolhão.
 
A recuperação do Edifício do Paraíso da Universidade Católica Portuguesa, no Porto, em que a Católica Porto Business School desenvolve a sua atividade, acaba de ser galardoada com o Prémio João Almada 2017.
O projeto, da autoria do Arquiteto Siza Vieira, respeitador da traça original da Quinta do Paraíso, inclui espaços de trabalho de docência e coordenação de programas, bem como salas de aula e de trabalho de grupo, com condições e equipamento ao nível das melhores escolas de negócio internacionais. A Católica Porto Business School obteve para este projeto de expansão um cofinanciamento através do programa ON2. 
Foi decisivo o empenho da Diocese do Porto ao permitir à Universidade, comodatária do edifício do Paraíso, a candidatura a este prémio.
 
A proposta do júri sublinhava o reconhecimento da “excelência e o caráter exemplares - para a cidade e para a arquitetura - a ambas estas intervenções". O Prémio João de Almada é atribuído bienalmente aos melhores exemplos de reabilitação concluídos e, nesta edição, foram enquadradas e regularmente admitidas 31 candidaturas no total
 
 
Veja a notícia integral aqui.